Apresentação

Jerson Kelman nasceu no Rio de Janeiro em 1948, é casado desde 1970, tem dois filhos e cinco netos. É engenheiro civil (EE-UFRJ, 1971), mestre em hidráulica (M.Sc. COPPE-UFRJ, 1973), doutor em Hidrologia e Recursos Hídricos (Ph. D., Colorado State University, 1976) e Livre Docente (EE-UFRJ, 1985).

Desde 1974 é professor de recursos hídricos da COPPE-UFRJ. Nesta capacidade, atuou em 65 bancas de exame de mestrado ou doutorado (em 26 como orientador). Foi um dos criadores, diretor e presidente da ABRH (Associação Brasileira de Recursos Hídricos).

 Presidiu a força-tarefa designada pelo presidente Fernando Henrique Cardoso para investigar e explicar o racionamento de energia elétrica de 2001. É autor de dois livros, "Cheias e Aproveitamentos Hidroelétricos " (1983) e "Desafios do Regulador" (2009), 34 capítulos de livros, 26 prefácios de livros, 121 artigos científicos ou técnicos e 200 artigos publicados pelos jornais brasileiros mais influentes.

Atividade profissional

  • Presidente da SABESP, concessionária de água do Estado de São Paulo atendendo 28 milhões de pessoas (2015-2018).
  • Interventor da ENERSUL empresa de energia do estado de Mato Grosso do Sul, atendendo a 2 milhões de pessoas (2013-2014).
  • Presidente do Grupo Light , empresa de energia do Estado do Rio de Janeiro, atendendo 4,5 milhões de pessoas (2010-2012).
  • Sócio da BR - Investimentos (2009).
  • Diretor-Geral da ANEEL , Agência Nacional de Energia Elétrica  (2005-2008).
  • Presidente da ANA, Agência Nacional de Águas (2001-2004).
  • Assessor Especial do Ministro do Meio Ambiente (1999-2000).
  • Consultor do Banco Mundial (1997-1998).
  • Diretor Técnico da SERLA, Autoridade dos Rios e Lagos do Estado do Rio de Janeiro (1991-1996).
  • Pesquisador do CEPEL, Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (1976-1990).

É membro dos seguintes conselhos

  • ENEVA, Geração de Energia.
  • FEBRABAN (Conselho Consultivo), a Federação Brasileira de Bancos.
  • IGUÁ (concessionária privada de saneamento).
  • FBDS, Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável.

Foi membro dos seguintes conselhos

  • ONS, o Operador do Sistema Elétrico Brasileiro.
  • SABESP, a concessionária de água do estado de São Paulo.
  • ELETROPAULO, concessionária de energia elétrica da região metropolitana de São Paulo.
  • COSESP, a seguradora do Governo do Estado de São Paulo.
  • ABDIB, Associação Brasileira de Infraestrutura.
  • ABENGOA (International Advisory Board), Espanha.
  • UNESCO-IHE, Instituto de Educação para a Água, Holanda.
  • CNPE, Conselho Brasileiro de Energia.
  • CMSE, Comitê de Monitoramento do Sistema Elétrico Brasileiro.
  • CONAMA, Conselho Brasileiro do Meio Ambiente.
  • CNRH, Conselho Brasileiro de Recursos Hídricos.
  • FIESP (Comitê de Infraestrutura), a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo.
  • FIRJAN (Comitê de Energia), a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro.
  • WORLD BANK (o Conselho Consultivo da Prática Global da Água).
  • GWP (Task Force on Water Security, Global Water Partnership).
  • SWW (Comitê Científico da Semana Mundial da Água de Estocolmo).

É membro ou recebeu prêmios das seguintes organizações profissionais ou de mérito